SUIPA tem conta bancária bloqueada

A Sociedade União Internacional Protetora dos Animais (SUIPA), instituição de amparo animal mais antiga do Rio de Janeiro está passando por momentos de grandes dificuldades após o falecimento da presidente, Izabel Nascimento, no mês passado. A SUIPA localizada, no bairro de Benfica, Zona Norte da cidade, abriga mais de cinco mil animais, entre cães, gatos, aves, cavalos e porcos.

A agência bancária responsável pela conta corrente da ONG bloqueou o dinheiro para arcar com as responsabilidades diárias, inclusive compra de alimentos, o que dá em média R$50.000.00 por semana. Na manhã deste sábado (03) funcionários iniciaram uma campanha de arrecadação de ração, espalhando diversos pontos de recebimento pelas regiões do Rio.

A Assembleia para eleição da nova diretoria está marcada para o final de setembro, e o registro da substituição temporária da administração da ONG para ser realizada a troca de senhas bancárias, já está no cartório. Como ainda não existe uma data exata para a movimentação da conta a mobilização continua. A Suipa possui um estoque de ração para poucos dias. No momento os animais estão alimentados porém, toda ajuda é necessária. Lembrando que a casa não possui ajuda alguma do poder público e além da falta de ração está com uma divida de R$16 milhões com o governo federal de INSS, o salário dos funcionários está há dois meses atrasado.

Neste domingo (4) e nos próximos finais de semana, das 9h. às 15h., a instituição estará recebendo ração, material de higiene e medicamentos, no posto principal montado na Rua do Russel, na Glória, em frente ao antigo prédio da TV Manchete. A Universidade Estácio de Sá também aderiu a campanha e instalou postos nos seguintes campi: Nova América, Madureira, Presidente Vargas, Sulacap, Niterói. Por Gisele Alves giselealves@isfa.org.br